Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



E damos connosco a pensar...

por nino, em 16.11.08

...inúmeros são os nossos conterrâneos que, como nós, adoram aves:

  1. os das perdizes, dos tordos, das galinholas e codornizes, dos pombos-bravos e das narcejas,...
  2. outros mais dados aos piscos, pincheiros, felosas, taralhões, toutinegras,...
  3. outros ainda, aos pintassilgos, tentilhões, pintarroxos, melros,...

Pois é, três grandes grupos de amigos, cada qual com sua diferente motivação. Cada qual com sua diferente formação e metodologia de acção. Cada qual com a sua diferente interpretação de nível de sucesso...Infelizmente, este mede-se, invariavelmente,  pelas consequências das provações e privações, a que são submetidos os pequenos amigos de penas e bico...

 

Classificá-los-íamos, respectivamente, assim:

  1. Caçadores encartados barulhentos. Move-os a versão I do petisco: perdiz estufada com couve lombarda, arroz de tordos, codornizes no forno com mel, etc. 
  2. Caçadores não encartados silenciosos. Move-os a versão II do petisco: passarinhos na frigideira, fritos em manteiga, ou guisados, no tacho.
  3. Caçadores não encartados, que não matam, mas...desmoralizam. Não os move qualquer intuito de gastronomia, mas move-os a prepotência, obrigando à presença diária por perto, em gaiola, de algo tremendamente belo, como sejam o canto e as plumagens, das pequenas canoras...são os furtivos caçadores de ninhos...

Mas, todos estes grupos têm gente boa!

 

Claro que não queremos ser impostores, nem, cínica e presunçosamente, puritanistas...

Sim, é verdade! gostamos de perdiz com couve e de tordos grelhados,...

...mas damos connosco a pensar:

na pesca desportiva, a dignidade do pescado é-lhe devolvida, por exigência regulamentar, aquando da devolução com vida à agua, dos capturados...(observação já feita por aqui algures...)

Por outro lado, temos presente que, foi, há algum tempo atrás, suprimida regulamentarmente, uma disciplina da modalidade desportiva de tiro com arma de caça, a do ao voo...

 

Bem, por nós, impingimo-nos a um quarto grupo que, felizmente, vai crescendo por todo o mundo, a olhos vistos, nos tempo que correm. E eis o que nos move:

Chegados a esta altura do ano e até aos primeiros calores da próxima Primavera, em qualquer tipo de vasilha ou recipiente, depositaremos semanalmente e deixaremos ao dispor, no quintal, no jardim, na sacada, uma mão cheia de sementes diversas: alpista, amendoim descascado, de girassol, arroz,...e a rapaziada de penas e bico, em jeito de agradecimento, quase certamente, irá cantar para nós?! e não é que,  por vezes, esperamos, até se deixará...caçar?!...digitalmente, é claro.

 

 Diz-se que o instinto caçador do ser humano, especialmente do masculino, o acompanha desde os primórdios...o nosso, revelou-se há meia dúzia de dias e felizmente, não implicará violência...e muito mais do que isso, preservará e sustentará.

 

Caros Amigos e Amigas, pensem nisso.

 

Propusemo-nos, no post anterior, tentar melhorar o nosso amigo, guloso dos amendoins descascados,

 

o Chapim -azul

 

 

...um pouco melhor?

 

...o arame, esse, foi ele que preferiu assim...não deixou que o mudàssemos de posição...teimosias!  

e se repararem bem, o tal de "amendoinzinho" agarrado com "unhas e dentes"...entre as "mãos"...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:00


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.11.2008 às 12:10

Por aqui , a passarada é bastante medrosa.

Aprendem a defender-se, possivelmente. Como não aprofundei na Biologia, desconheço se esse instinto de defesa é transmitido geneticamente ou ensinado de geração em geração.

Mas verifico que os esquivos pardais, por exemplo, em certos lugares muito frequentados, quase deixam "passar" a mão pelo lombo", tal é o atrevimento com que vêm desafiar-nos para que lhes demos umas migalhas da nossa sandes , que depois disputam entre si em ruidosa algazarra.

Em Portalegre havia um tipo em cujo ombro pousavam os pardais, para depois lhe retirarem da boca as guloseimas a que ele os havia habituado.

(camionista)
Imagem de perfil

De nino a 17.11.2008 às 13:55

bem aparecido, meu caro...intervalo entre viagens, pela certa?!...

é isso...
Semana passada, limpeza das giestas que, violenta e abusivamente, tomaram conta de um nosso pequeno quintaleco.
Anteontem: reluzentas, ao sol de outuno, costelas e agúdias, por lá já armadilhadas, depois de limpas as serventias, à procura de tramarem alguns pobres incautos...
Não deverão ser medrosos, os nossos pequenos amigos???
seguramente que essa personagem, típica e amiga, em Portalegre, não era dos de armar costelas...

gd abç

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D